Piracicaba / SP - quinta-feira, 24 de setembro de 2020

ACNE - ATUALIZAÇÕES

ACNE - ATUALIZAÇÕES


Acne causada pela Sindrome do Ovário policístico. Os Contraceptivos orais devem ter o mínimo de nível de estrógeno. Os contraceptivos dados na adolescência pode predispor à osteoporose na idade adulta. Devem ser dados de maneira descontínua.O tromboembolismo venoso o risco é de 3 vezes maior quando a dose de etthynil estradiol é alto e quando é usado de maneira descontinua , então o risco é menor com decréscimo da duração do uso e dose menor de ethynil estradiol.


• Na acne em evidencias recentes mostram a associação com o nível de glicemia e a hiperinsulinemia libera o IgF1 chegando a liberação de testosterona e com isso aumenta a secreção no folículo e formação da acne. Daí a alimentação rica em açúcar como o chocolate interferindo na formação de acne, mas ainda há controvérsias nesse assunto. A hiperinsulemia também aumenta a oxidação.


• Acne aumeta 44% com uso de leite e também está relacionado com o aumento do IgF1, há aumento de oxidação relacionada com alteração do G6 PD e da catalase na formação de radicais livres.


• Como antioxidante deve suplementar com vitamina C – zinco e liopeno.


• Alimentos ricos em gorduras ( fast food ) – aumentam o risco de acne – diabetes – doenças cardiovasculares e câncer.


• No tratamento devemos fazer bem o diagnostico para determinar corretamente a terapêutica – deve ser simplificado o tratamento devido o adolescente, na maioria das vezes, não aderem ao tratamento, pode ser monoterapia ou combinação, por isso dever ser visto o perfil do paciente. O tratamento combinado o resultado é melhor. O médico deve ter forte relacionamento com o paciente e com os pais. A explicação do tratamento deve ser feito com muita calma. Se necessário o paciente deve  ser visto em períodos pequenos para monitorar melhor.

 

 

.  J Am Acad Dermatol. 2012 Mar; 66 (3) :409-15. Epub 2011 Jul 13.
O pioderma gangrenoso, acne, e hidradenite supurativa (PASH)-uma nova síndrome Autoinflamatórias distinta da síndrome PAPA.
Braun-Falco M, Kovnerystyy O, P Lohse, Ruzicka T.
SourceDepartment de Dermatologia e Alergia, Ludwig-Maximilian-University, de Munique, na Alemanha.

Abstrato
CONTEXTO: A síndrome PAPA é uma síndrome hereditária recentemente identificado Autoinflamatórias clinicamente caracterizada por artrite piogênica, acne grave, e pioderma gangrenoso. É causada por mutações no gene PSTPIP1 e podem ser intimamente ligada à síndrome de abcessos asséptica, que tem sido mostrado para ser associado com CCTG amplificação de repetição na região promotora de PSTPIP1.

OBJETIVO: Nós descrevemos dois pacientes não relacionados com uma apresentação clínica muito semelhante, mas distinta, PAPA síndrome.

RESULTADOS: Ambos os pacientes tiveram o pioderma gangrenoso e aguda ou remitente acne conglobata, mas, em contraste com a síndrome PAPA, não tinha quaisquer episódios de artrite piogênica. Em vez disso, eles tiveram hidradenite supurativa. Mutações em PSTPIP1 exões 1 a 15 foram excluídos. Na região do promotor, uma repetição maior do motivo microssatélite CCTG estava presente em um alelo em ambos os pacientes. Alterações dos exons mais comumente afetadas do MEFV, NLRP3, e genes TNFRSF1A também não foram detectados. Um paciente foi tratada com a interleucina (IL) -1 antagonista do receptor anakinra e responderam bem, embora sem remissão completa. Isto implica que a IL-1ß pode ser de importância patogenética.

LIMITAÇÕES: pequeno número de pacientes, nenhuma mutação genética identificada, claro e eficácia da terapia são as limitações.

CONCLUSÃO: A tríade clínica de pioderma gangrenoso, acne, e hidradenite supurativa representa uma nova doença dentro do espectro de síndromes Autoinflamatórias, semelhante ao PAPA e síndrome do abscesso asséptico. Para esta doença, propomos a sigla síndrome "PASH". Síndrome PASH pode responder a IL-1ß bloqueio.
• Esse trabalho foi citado ---- e em resumo a acne pode estar associada á síndromes.
• O medicamento Kineret ( principio ativo anakinra) na dose de 100mg diária subcutânea é usado no pioderma gangrenoso com excelente resultado em poucos dias, esse medicamento é um antagonista do receptor humano da interleucina -1 produzidas pelas células da Echerichia coli – normalmente esse medicamento é dado para artrite reumatóide por médicos especilizados nessa terapêutica. Um dos efeitos adversos pode ocorrer neutrofilia e cefaléia. Contraindicação em paciente com insuficiência renal grave. Posologia de 18 a 64 anos – 100mg ao dia e maior que 64 anos deve ser reajustado. Em crianças ainda nada evidenciado.

 

.

 

Referência - dados da aula ACNE e ROSÁCEA  do Meeting da Academia Americana de Dermatologia - 2012