Piracicaba / SP - quinta-feira, 24 de setembro de 2020

*** Microagulhamento

MICROAGULHAMENTO


Recentemente, a terapia de indução percutânea de colágeno (TIPC) com cilindros plásticos providos de microagulhas foi introduzida na Europa, com muito bons resultados. Desmond Fernandes foi o primeiro a chamar essa técnica de microagulhamento ou TIPC em 1993, na França. Diferentes marcas desse tipo de cilindros, com agulhas em número variado (192 a 1074), comprimento variando de 0,25 a 3mm e 0,1mm de diâmetro, de uso único, têm sido comercializadas atualmente em todo o mundo. A região a ser tratada deve ser pressionada firmemente com o dispositivo cujas agulhas deverão penetrar até a derme. Cada passada do dispositivo agulhado produz 16 micropuncturas/cm2. O instrumento deve rolar em movimentos de vai e vem em diferentes direções de dez a 20 vezes.1-6 As microlesões na derme papilar criam uma zona confluente de sangramento superficial que atua como poderoso estímulo para desencadear o processo da cicatrização, liberando diversos fatores de crescimento, que por sua vez estimulam a proliferação de fibroblastos e a síntese de colágeno III e I. Com a conversão de colágeno tipo III em tipo I, há uma contração na rede de colágeno, o que reduz a frouxidão da pele e suaviza cicatrizes de acne e ritides. Tambem há trabalhos no tratamento de alopecia androgeneitica e melasma. 


Fonte 

Kalil CLPV et Tratamento das cicatrizes de acne com a técnica de microagulhamento e Drug delivery. Surg Cosmet Dermatol 2015