Piracicaba / SP - terça-feira, 21 de outubro de 2014

Estudos recentes sobre melasma

O melasma é uma desordem na pigmentação da pele da face, há um aumento da melanina pela enzima tirosinase nos melanócitos situado na primeira camada da pele, a epiderme. 

 

 

Nas mulheres o melasma é mais frequente, com mais de 25 anos com terapia hormonal e gravidez, mas também pode ocorrer em homens e mulheres mais jovens.

 

Na face as manchas são bilaterais e seguem a região do nervo trigêmio o que sugere que o envolvimento neural poderia fazer parte do mecanismo patogênico da pigmentação. 

 

Um oligopeptídeo ( Lumixyl)  indicado para o tratamento tópico, inibe a tirosinase do cogumelo e do ser humano e não apresenta a toxidade que a hidroquinona causa .

 

Um tratamento via oral é a procyanidina ( bioflavonoides) associado com vitamina C, vitamina E e vitamina A para o tratamento de melasma em fototipo III e IV em um periodo de oito semanas.

 

Um outro dispigmentante que está sendo avaliado é o ácido dióico comparado com a hidroquinona, é altamente efetivo e bem tolerado .

 

Um tratamento de primeira linha indicado no melasma é um creme com tripla ação contendo  hidroquinona 4%, com tretinoína 0,05% e o acetato de fluocinolona 0,01% .

 

 No tratamento de melasma após hiperpigementação pós peeling foi utilizado a hidroquinona ou a tretinoina ou  o peeling de ácido glicólico e o resultado melhor foi com a hidroquinona.

  

Quando os lasers são usados, há uma significante incidencia de hiperpigementação pós laser e a vitamina C intravenosa aparece para ser utilizada no tratamento dessa complicação ( relato de um caso de uma mulher chinesa  de 51anos).

  

A niacinamida 4% associada com N acetil glucosamina 2% , tópica ,  é eficaz qdo comparado com veiculo controle em mulheres de 40 a 60 anos na pigmentação irregular da melanina na face.

 

O acido tranaximico é eficaz no tratamento de melasma quando utilizado em cosmético e em microinjeções.

 

A  luz intensa pulsada destaca-se como uma ferramenta eficaz no tratamento e na cura de uma percentagem elevada de hipermelanose e melasma, com um baixo risco de complicações e uma excelente taxa de satisfação entre os pacientes.

A dedicãção no tratamento, evitar o sol e fazer a fotoproteção correta também é muito importante para amenizar a mancha de cor marrom.  Há outros tipos de tratamentos como laser, medicamentos injetáveis e outros cosméticos para o tratamento do melasma, mas mesmo com vários opções terapeuticas o melasma   ainda é uma patologia muito  desafiadora para o médico

 

.

  

 

FONTE - www.bireme.br ( medline)

 

Autor: Bak H; Lee HJ; Chang SE; Choi JH; Kim MN; Kim BJ

Endereço: Department of Dermatology, Asan Medical Center, College of Medicine, University of Ulsan, Seoul, Korea.

Título: Increased expression of nerve growth factor receptor and neural endopeptidase in the lesional skin of melasma.

Source: Dermatol Surg;35(8):1244-50, 2009 Aug.

 

 

Autor: Hantash BM; Jimenez F

Endereço: Elixir Institute of Regenerative Medicine, San Jose, CA 95138, USA. basil@elixirinstitute.org

Título: A split-face, double-blind, randomized and placebo-controlled pilot evaluation of a novel oligopeptide for the treatment of recalcitrant melasma.

[So] Source: J Drugs Dermatol;8(8):732-5, 2009 Aug.

 

 

 

Autor: Handog EB; Galang DA; de Leon-Godinez MA; Chan GP

Endereço: The Section of Dermatology, Department of Health, Research Institute for Tropical Medicine, Manila, Philippines. handogmd@pacific.net.ph

 Título: A randomized, double-blind, placebo-controlled trial of oral procyanidin with vitamins A, C, E for melasma among Filipino women.

 Source: Int J Dermatol;48(8):896-901, 2009 Aug.

 

 

 

Autor: Tirado-Sánchez A; Santamaría-Román A; Ponce-Olivera RM

Endereço: The Servicio de Dermatología, Hospital General de México, México. andrestiradosanchez@hotmail.com

Título: Efficacy of dioic acid compared with hydroquinone in the treatment of melasma.

Source: Int J Dermatol;48(8):893-5, 2009 Aug.

 

  

 

Autor: Garg VK; Sarkar R; Agarwal R

Endereço: Department of Dermatology and Venereology, Maulana Azad Medical College and Associated Hospitals, New Delhi, India. vijaykga@gmail.com

Título: Comparative evaluation of beneficiary effects of priming agents (2% hydroquinone and 0.025% retinoic acid) in the treatment of melasma with glycolic acid peels.

Source: Dermatol Surg;34(8):1032-9; discussion 1340, 2008 Aug.

 

 

 

Autor: Cestari T; Arellano I; Hexsel D; Ortonne JP; Latin American Pigmentary Disorders Academy

Endereço: University of Rio Grande do Sul, Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Brazil. tcestari@terra.com.br

Título: Melasma in Latin America: options for therapy and treatment algorithm.

Source: J Eur Acad Dermatol Venereol;23(7):760-72, 2009 Jul.

 

 

Intravenous vitamin C in the treatment of post-laser hyperpigmentation for melasma: a short report.

Autor(es): Lee GS

Fonte: J Cosmet Laser Ther; 10(4): 234-6, 2008 Dec.

 

Reduction in the appearance of facial hyperpigmentation after use of moisturizers with a combination of topical niacinamide and N-acetyl glucosamine: results of a randomized, double-blind, vehicle-controlled trial (p 435-441)
A.B. Kimball, J.R. Kaczvinsky, J. Li, L.R. Robinson, P.J. Matts, C.A. Berge, K. Miyamoto, D.L. Bissett
Published Online: Aug 28 2009 9:16AM

 

 

Estudo de avaliação da eficácia do ácido tranexâmico tópico e injetável no tratamento do melasma. Steiner D, Feola C, Bialeski N, Ayres de Morais e Silva F, Pessanha Antiori C, Addor F,Brandão Folino B.Fonte: Surgical & Cosmetic Dermatology november 2009

 

 

 
 

Revista Aesthetic Plastic Surgery-  online first.